World Press Photo

11 02 2012

Tantos anos depois regressamos ao mesmo de sempre: os Homens contra os Homens, os Homens nunca pelo Homem nas sim pelo ser singular, pela vontade alheia, pelo ter supérfluo, pelos estigmas e dogmas que falsificam céus e prometem eternas esperanças de um perpétuo negro.

Mais uma vez, uma imagem vale mais que 10000 palavras. É uma foto que capta todo o sentimento, sofrimento, desespero, da clara compreensão que as barreiras que nos separam dos ditos animais irracionais já desapareceram à muito, que o Ser humano já não o É, apenas tenta ser enganando e trespassando tudo e todos pelo caminho. Fecho os olhos e sinto náuseas..

O antes..

 

O agora..

(foto pertencente a Samuel Aranda, vencedor do World Press Photo 2011)

Anúncios

Acções

Informação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: